página acima: Corpos espirituais
Perispírito
Crianças e Adolescentes
DESAPARECIDOS
*

____Perispírito - (do grego: em torno, e do latim: Spiritus, alma, espírito) é o envoltório sutil e perene da alma, que possibilita sua interação com os meios espiritual e físico. Empregada pela primeira vez por Allan_Kardec, no item 93 de “O_Livro_dos_Espíritos”. Alma e perispírito constituem o espírito.

[1 - página 24]

____O homem é, portanto, formado de três partes essenciais:

  • O corpo ou ser material, análogo ao dos animais e animado pelo mesmo princípio vital;
  • A alma, Espírito encarnado que tem no corpo a sua habitação;
  • O princípio intermediário, ou perispírito, substância semimaterial que serve de primeiro envoltório ao Espírito e liga a alma ao corpo. Tais, num fruto, o gérmen, o perisperma e a casca.

[9a - página 104 questão 135]

Corintios [15]

  • 43 Semeia-se em ignomínia, é ressuscitado em glória. Semeia-se em fraqueza, é ressuscitado em poder.
  • 44 Semeia-se corpo animal, é ressuscitado corpo espiritual. Se há corpo animal, há também corpo espiritual.
  • 45 Assim também está escrito: O primeiro homem, Adão, tornou-se alma vivente; o último Adão, espírito vivificante.
  • 46 Mas não é primeiro o espiritual, senão o animal; depois o espiritual.
  • 47 O primeiro homem, sendo da terra, é terreno; o segundo homem é do céu.
  • 48 Qual o terreno, tais também os terrenos; e, qual o celestial, tais também os celestiais.
  • 49 E, assim como trouxemos a imagem do terreno, traremos também a imagem do celestial.
  • 50 Mas digo isto, irmãos, que carne e sangue não podem herdar o reino de Deus; nem a corrupção herda a incorrupção.
  • 51 Eis aqui vos digo um mistério: Nem todos dormiremos mas todos seremos transformados,
  • 52 num momento, num abrir e fechar de olhos, ao som da última trombeta; porque a trombeta soará, e os mortos_serão_ressuscitados incorruptíveis, e nós seremos transformados.
  • 53 Porque é necessário que isto que é corruptível se revista da incorruptibilidade e que isto que é mortal se revista da imortalidade.
  • 54 Mas, quando isto que é corruptível se revestir da incorruptibilidade, e isto que é mortal se revestir da imortalidade, então se cumprirá a palavra que está escrito: Tragada foi a morte na vitória.
  • 55 Onde está, ó morte, a tua vitória? Onde está, ó morte, o teu aguilhão?
  • 56 O aguilhão da morte é o pecado, e a força do pecado é a lei.
  • 57 Mas graça a Deus que nos dá a vitória por nosso Senhor Jesus Cristo.
  • 58 Portanto, meus amados irmãos, sede firmes e constantes, sempre abundantes na obra do Senhor, sabendo que o vosso trabalho não é vão no Senhor.

____O perispírito, formado por substâncias químicas que transcendem a série_estequiogenética conhecida até agora pela ciência terrena, é aparelhagem de matéria_rarefeita, alterando-se, de acordo com o padrão vibratório do campo interno.

____Organismo delicado, com extremo poder_plástico, modifica-se sob o comando do pensamento. É necessário, porém, acentuar que o poder apenas existe onde prevaleçam a agilidade e a habilitação que só a experiência consegue conferir.

____Nas mentes primitivas, ignorantes e ociosas, semelhante vestidura se caracteriza pela feição pastosa, verdadeira continuação do corpo_físico, ainda animalizado ou enfermiço.

____O progresso_mental é o grande doador de renovação ao equipamento do espírito em qualquer plano de evolução.

[10 - página 31] - EMMANUEL 1952

Os especialistas calculam que os experimentos dos próximos dez anos conseguirão finalmente isolar partículas da matéria escura e desvendar o maior mistério do universo.

http://nationalgeographic.abril.com.br/reportagens/zoom/galaxia_0302_02.html

Será que a ciência ao conseguir meios para desvendar a matéria escura acabará desvendando, também, a Natureza do Perispírito?

  • A Matéria Escura e o Perispírito não emitem luz e por isso não podem ser observados diretamente;
  • A matéria escura é uma partícula grande sem carga elétrica; sua única marca é sua força gravitacional
  • Matéria escura, substância que representa a maior parte da matéria do Universo;
  • O perispírito, quanto à forma_somática, obedece a leis de gravidade, no plano a que se afina. [10 - página 33] - EMMANUEL 1952

     

[0]

____O Espírito tira o seu invólucro semimaterial do fluido_universal de cada globo, razão por que não é idêntico em todos os mundos. Passando_de_um_mundo_a_outro, o Espírito muda de envoltório, como mudais de roupa. Assim, quando os Espíritos que habitam mundos superiores vêm ao nosso meio, tomam um perispírito mais grosseiro.

[9a - página 85 questão 94]

____

[71 - página 133] - EMMANUEL - 1938

____O perispírito, ou corpo fluídico dos Espíritos, é um dos mais importantes produtos do fluido_cósmico; é uma condensação desse fluido e tem seu princípio de origem nesse mesmo fluido condensado e transformado em matéria tangível.

____No perispírito, a transformação molecular se opera diferentemente, porquanto o fluido conserva a sua imponderabilidade e suasqualidades etéreas.

____O corpo perispirítico e o corpo_carnal têm pois origem no mesmo elemento_primitivo; ambos são matéria, ainda que em dois estados diferentes.

A Gênese - Allan Kardec - [38 cap. XIV página277 Item 7 ]

____Nota:

  • No estado normal, quer dizer, fluídico e invisível, o perispirítico está parcialmente penetrado da matéria sólida;
  • no estado de visibilidade, já há um começo de condensação que o torna menos penetráveis;
  • no estado de tangibilidade, a condensação é completa, e a penetrabilidade não pode mais ocorrer.

____Um dia, a ciência chegará a submeter o perispírito à apreciação dos instrumentos, como ela o faz com os outros fluidos. Não conheceis ainda senão a superfície da matéria; mas a sutileza, a essência da matéria, não a conhecereis senão pouco a pouco; a eletricidade e o magnetismo são caminhos certos.

____Os fluidos conhecidos com os quais perispírito tem mais analogia são: A luz, a eletricidade e o oxigênio.

[37 - página 159] - Allan Kardec - Junho/1861
http://www.espirito.org.br/portal/codificacao/re/1861/05d-conversas.html

O perispírito, mais tarde, será objeto de mais amplos estudos das escolas espiritistas cristãs.
____O vaso perispirítico é também transformável e perecível, embora estruturado em tipo de matéria mais rarefeita.

[96 - página 85] - André Luiz

____Figuremos, primeiramente, o Espírito em união com o corpo.

  • O Espírito é o ser principal, pois que é o ser que pensa e sobrevive.
  • O corpo_humano não passa de um acessório seu, de um invólucro, uma veste, que ele deixa, quando usada.
  • Além desse invólucro material (corpo humano), tem o Espírito um segundo corpo, semimaterial (o perispírito), que liga o Espírito ao corpo humano.

____Por ocasião da morte, o Espírito despoja-se do corpo humano, porém não do perispírito. Esse invólucro semimaterial, que tem a forma humana, constitui para o Espírito um corpo fluídico, vaporoso, mas que, pelo fato de nos ser invisível no seu estado normal, não deixa de ter algumas das propriedades da matéria.

____O Espírito não é, pois, um ponto, uma abstração; é um ser limitado e circunscrito, ao qual só falta ser visível e palpável, para se assemelhar aos seres humanos.

  • Por que, então, não haveria de atuar sobre a matéria?
  • Por ser fluídico o seu corpo?
  • Mas, onde encontra o homem os seus mais possantes motores, senão entre os mais ratificados fluidos, mesmo entre os que se consideram imponderáveis, como, por exemplo, a eletricidade?
  • Não é exato que a luz, imponderável, exerce ação química sobre a matéria ponderável?

____Não conhecemos a natureza_íntima_do_perispírito. Suponhamo-lo, todavia, formado de matéria elétrica, ou de outra tão sutil quanto esta: por que, quando dirigido por uma vontade, não teria propriedade idêntica à daquela matéria?

[17b - página 23]

____ O corpo espiritual, à feição de protoforma humana, diante das reações do sistema nervoso, eleito para sede dos instintos superiores, com a faculdade de arquivar reflexos condicionados.

[56 - página 56]

Atingindo a maioridade moral pelo raciocínio, cabe a nós aprimorar as manifestações do nosso perispírito e enriquecer-lhe os atributos, porque todos os nossos sentimentos e pensamentos, palavras e obras, nele se refletem, gerando conseqüências felizes ou infelizes, pelas quais entramos na intimidade da luz ou da sombra, da alegria ou do sofrimento.

EMMANUEL (21 de Julho de 1958) [56 - página 15]

A elevação dos sentimentos, a pureza da vida, os nobres impulsos para o bem e para o ideal, as provações e os sofrimentos pacientemente suportados, depuram pouco a pouco as moléculas perispiríticas, desenvolvem e multiplicam as suas vibrações. Como uma ação química, eles consomem as partículas grosseiras e só deixam subsistir as mais sutis, as mais delicadas.

[1 - página 56]

____Esse segundo invólucro da alma, ou perispírito, existe, pois, durante a vida corpórea; é o intermediário de todas as sensações que o Espírito percebe e pelo qual transmite sua vontade ao exterior e atua sobre os órgãos do corpo.

____Para nos servirmos de uma comparação material, diremos que é o fio elétrico condutor, que serve para a recepção e a transmissão do pensamento; é, em suma, esse agente misterioso, imperceptível, conhecido pelo nome de fluido nervoso, que desempenha tão grande papel na economia orgânica e que ainda não se leva muito em conta nos fenômenos fisiológicos e patológicos.

____Tomando em consideração apenas o elemento material ponderável, a Medicina, na apreciação dos fatos, se priva de uma causa incessante de ação. Não cabe, aqui, porém, o exame desta questão. Somente faremos notar que no conhecimento do perispírito está a chave de inúmeros problemas até hoje insolúveis.

____O perispírito não constitui uma dessas hipóteses de que a ciência costuma valer-se, para a explicação de um fato. Sua existência não foi apenas revelada pelos Espíritos, resulta de observações, como teremos ocasião de demonstrar. Por ora e por não nos anteciparmos, no tocante aos fatos que havemos de relatar, limitar-nos-emos a dizer que, quer durante a sua união com o corpo, quer depois de separar-se deste, a alma nunca está desligada do seu perispírito.

[17b - página 78 item 54]

____... Conforme a vida de nossa mente, assim vive nosso corpo espiritual. Nosso amigo entregou-se, demasiado às criações interiores do tédio, ódio, desencanto, aflição e condensou semelhantes forças em si mesmo, coagulando-as desse modo, no veículo que lhe serve às manifestações. Daí, esse aspecto escuro e pastoso que apresenta. Nossas obras ficam conosco. Somos herdeiros de nós mesmos.
____— Mas... e se nosso Irmão trabalhasse? se depois_da_morte procurasse conjugar o verbo servir? — inquiriu meu colega, preocupado.
____Ah! indiscutivelmente o trabalho renova qualquer Posição mental. Gerando novos motivos de elevação e novos fatores de auxílio, o serviço estabelece caminhos outros que realmente funcionam como recursos de libertação. Por isso mesmo, o constante apelo do Senhor à ação e à fraternidade se estende, junto de nós, diàriamente através de mil modos... Todavia, quando não nos devotamos ao trabalho, enquanto nos demoramos na vestimenta terrestre, mais difícil se faz para nós a superação dos obstáculos mentais, porque a indolência trazida do mundo é tóxico cristalizante de nossas ideias, fixando-as, por vezes, durante tempo indefinível. Se pretendemos Possuir um psicossoma sutilizado capaz de reter a luz dos nossos melhores ideais, é imprescindível descondensá-lo pela sublimação incessante de nossa mente, que precisará, então, centralizar-se no esforço infatigável do bem. É para esse fim que o Pai Celestial nos concede ...

  • a dor e a luta,
  • a provação e o sofrimento, únicos elementos reparadores, suscetíveis de produzir em nós o reajuste necessário, quando nos pomos em desacordo com a Lei.

[4 - páginas 100/101] - André Luiz

____Não nos esqueçamos de que temos diante de nós o veículo espiritual, por excelência vibrátil. O corpo da alma modifica-se, profundamente, segundo o tipo de emoção que lhe flui do âmago. Isso, aliás, não é novidade.

  • Na própria Terra, a máscara física altera-se na alegria ou no sofrimento, na simpatia ou na aversão.
  • Em nosso_plano, semelhantes transformações são mais rápidas e exteriorizam aspectos íntimos do ser, com facilidade e segurança, porque as moléculas do perispírito giram em mais alto padrão_vibratório, com movimentos mais intensivos que as moléculas do corpo_carnal.

____A consciência, por fulcro anímico, expressa-se, desse modo, na matéria sutil com poderes plásticos mais avançados.

[4 - páginas 107] - André Luiz

O perispírito, para a mente, é uma cápsula mais delicada, mais suscetível de refletir-lhe a glória ou a viciação, em virtude dos tecidos rarefeitos de que se constitui.

[96 - página 58] - André Luiz

____O perispírito ou corpo espiritual foi reconhecido pela Igreja desde os primeiros tempos.

  • Tertuliano,
  • Basílio,
  • Cirilo de Jerusalém,
  • Evódio (bispo de Uzala),
  • Agostinho
  • e muitos outros a ele se referiram.

[1 - página 26]

O perispírito - Intrinsecamente indivisível.

[1 - página 52]

Perispírito: Projeção energética da alma.

[1 - página 61]

____No nascimento, desencadeado, com a concepção, o processo morfogênico, e ligado o Espírito ao embrião, o perispírito passa a expandir-se, moldando e sustentando o novo organismo em crescimento. Continua sustentando a organização física – modelando, também, os elementos em renovação – até os últimos instantes da vida biológica.

(Ver: restringimento)

[1 - página 40]

____O perispírito é indestrutível como a própria alma. Nem os milhões de graus de calor dos sóis, nem os frios do espaço infinito têm ação sobre esse corpo incorruptível e espiritual. Somente a Vontade o pode modificar, não porém, mudando-lhe a substância, mas expurgando-a dos fluidos grosseiros de que se satura no começo de sua evolução. É o transmissor de nossas impressões, sensações e lembranças.

[1 - página 55] [12 - página 288]*

____Quanto mais elevado é o Espírito,...

  • tanto mais sutil, leve e brilhante é o perispírito,
  • tanto mais isento de paixões e moderado em seus apetites ou desejos é o corpo.

____A nobreza e a dignidade da alma refletem-se sobre o perispírito, tornando-o mais harmonioso nas formas e mais etéreo.

[1 - página 57]

____O Perispírito rege a vida física, dinamizando a energia vital aglutinada no chamado duplo_etérico, através de seus centros_de_força. Como estes se projetam no duplo etérico, de natureza mais próxima à do corpo material, refletindo-se neste, torna-se possível sua detecção por instrumentação física.

[1 - página 78]

[1 - página 85]

O perispírito é para o Espírito o que o corpo físico é para o homem, só por si, não é o Espírito, porquanto o perispírito não pensa.

[1 - página 274] [17 - cit. páginas 78 / 79]*

O perispírito, assinala KARDEC, "é o princípio de todas as manifestações."

[1 - página 293] [17 - página 146]

____Eis os termos pelos quais a sonâmbula de Werner, pastor luterano de Beckelsberg, sobre o Reno, 1840, se exprimia a respeito:

  • “O Espírito, de si mesmo divino e eterno, tirando sua origem de Deus, é a vida da alma (leia-se do “corpo etérico”) e é a alma que confere personalidade ao Espírito, que o circunscreve e o completa. É por assim dizer o corpo do Espírito, sendo portanto suscetível de com ele se espiritualizar ou de a ele sobrepor-se, degradando-se e materializando-se cada vez mais... Nem um nem outro pode existir separadamente, estão intimamente ligados do mesmo modo que a alma (isto é, o “corpo etérico”) está no corpo. Não sei explicar como isto se dá, pois há laços espirituais que ultrapassam as possibilidades da minha visão... É na alma que se encontram os sentidos interiores do homem; é por meio dela que o Espírito exterioriza as suas possibilidades... Mas, para que isto se possa dar, é indispensável uma terceira substância que se venha juntar à alma e que sirva de dar movimento e vitalidade ao corpo... Esta substância a bem dizer provém, por sua essência, da alma, mas por causa da sua atividade corporal ela participa, antes, da natureza do corpo que propriamente a da alma; encarada em si mesmo essa substância, ou “fluido_nervoso”, é o instrumento indispensável para que a alma entre em relação com o mundo exterior... O “fluido nervoso”, sendo por natureza muito material e grosseiro, é destinado a se separar da alma, rarefazendo-se à proporção que a alma se sublima e gradualmente se aproxima da natureza radiosa do Espírito... Após_a_morte a alma não se pode livrar imediatamente do fluido nervoso e as que são ainda muito materializadas dele se saturam com delícia, o que lhes dá o poder de retomar uma forma humana e de se tornarem visíveis aos vivos, de conseguirem deles se fazer ouvidas, de os tocar ou de produzir pancadas e sons na atmosfera terrestre.” (Citado por Morgan em sua obra From Matter to Spirit, página 132.)

____Havemos de convir ser este um trecho admirável de revelação sonambúlica. Com efeito, de um lado a natureza tríplice do Espírito é descrita em termos tão racionais e tão de acordo com os resultados das investigações metapsíquicas contemporâneas, que arrastam à convicção; de outro lado, a sonâmbula antecipa-se a sua época, fornecendo explicações sobre a gênese dos fenômenos de assombrações, de aparições de fantasmas de vivos e de mortos, de efeitos físicos, de materializações.

[105 - páginas 130/131] - Ernesto Bozzano

____

  • Assim como o homem comum mal conhece o veículo_em_que_se_movimenta, ignorando a maior parte dos processos vitais de que se beneficia e usando o corpo de carne à maneira de um inquilino estranho à casa em que reside,
  • também nós, os_desencarnados, somos compelidos a meticulosas meditações para analisar a vestimenta de que nos servimos, de modo a conhecer-lhe a intimidade.

____Efetivamente, em novas condições na vida espiritual, passamos a apreciar, com mais segurança, o corpo abandonado à Terra, penetrando os segredos de sua formação e desenvolvimento, sustentação e desintegração, mas somos desafiados pelos enigmas do novo instrumento que passamos a utilizar. Lidamos, na Vida_Maior, com o carro sutil da mente, pelo menos na esfera em que nos situamos, acentuando, pouco a pouco, os nossos conhecimentos, quanto às peculiaridades que lhe dizem respeito.
____Inegavelmente, será difícil alcançar o grande equilíbrio que nos outorgará o trânsito_definitivo_para_as_eminências_do_Espírito_Puro.

  • Para que tivéssemos na Crosta_Planetária um vaso tão aprimorado e tão belo, quanto o corpo humano, a Sabedoria Divina despendeu milênios de séculos, usando os multiformes recursos da Natureza, no campo imensurável das formas...
  • Para que venhamos a possuir o sublime instrumento da mente em planos mais elevados, não podemos esquecer que o Supremo Pai se vale do tempo infinito para aperfeiçoar e sublimar a beleza e a precisão do corpo espiritual que nos conferirá os valores imprescindíveis à nossa adaptação à Vida Superior.

____Compete-nos, então, atribuir importante papel às enfermidades_na_esfera_humana. Quase todas estarão no mundo, desempenhando expressivo papel na regeneração das almas.
____Cada “centro_de_força” exigirá absoluta harmonia, perante as Leis_Divinas que nos regem, a fim de que possamos ascender no rumo do Perfeito Equilíbrio...
____Nossos deslizes de ordem moral estabelecem a condensação de fluidos inferiores de natureza gravitante, no campo electromagnético de nossa organização, compelindo-nos a natural cativeiro em derredor das vidas começantes às quais nos imantamos.

____é necessário não confundir a semente com a árvore ou a criança com o adulto, embora surjam na mesma paisagem de vida. O instrumento perispirítico do selvagem deve ser classificado como protoforma humana, extremamente_condensado pela sua integração com a matéria mais densa.

  • Está para o organismo aprimorado dos Espíritos algo enobrecidos,
  • como um macaco antropomorfo está para o homem bem-posto das cidades modernas.

____Em criaturas dessa espécie, a vida moral está começando a aparecer e o perispírito nelas ainda se encontra enormemente pastoso. Por esse motivo, permanecerão muito tempo na escola da experiência, como o bloco de pedra rude sob marteladas, antes de oferecer de si mesmo a obra-prima... Despenderão séculos e séculos para se rarefazerem, usando múltiplas formas, de modo a conquistarem as qualidades superiores que, em lhes sutilizando a organização, lhes conferirão novas possibilidades de crescimento consciencial. O instinto e a inteligência pouco a pouco se transformam em conhecimento e responsabilidade e semelhante renovação outorga ao ser mais avançados equipamentos de manifestação...

  • O prodigioso corpo do homem na Crosta_Terrestre foi erigido pacientemente, no curso dos séculos,
  • e o delicado veículo do Espírito, nos planos mais elevados, vem sendo construído, célula a célula, na esteira dos milênios incessantes...

____- ... ­até que nos transfiramos de residência, aptos a deixar, em definitivo, o caminho das formas, colocando-nos na direção das esferas do Espírito Puro, onde nos aguardam os inconcebíveis, os inimagináveis recursos da suprema sublimação.

[4 - páginas 169/172] - André Luiz

____Deveis saber que os dois maiores filósofos da Alemanha, Leibnitz e Kant, foram grandes partidários da crença da existência de um corpo espiritual.

  • Leibnitz insiste em que, relativamente a cada inteligência finita, a alma veste sempre um corpo material, mais ou menos rarefeito (puro animismo das “raças degradadas”), e que ele encontra no seu corpo espiritual, do tipo referido por São Paulo, novos órgãos de sentimentos.
  • Kant predisse a vinda de um tempo em que ficaria demonstrada “a comunhão real e indissolúvel” do mundo_dos_Espíritos com a alma humana em toda a sua existência terrena (ainda o animismo das raças inferiores). É certo que Kant fala dos Espíritos como naturezas imortais; mas isso não destrói o fato de precisarem eles de organismos substanciais para nos manifestarem essa sua natureza e realizarem as obras do universo de Deus, visíveis e invisíveis.
  • J. H. Fichte, pouco antes de morrer, em 1879, escreveu o seguinte acerca dos fenômenos: “A crença na imortalidade_da_alma é ratificada pelos resultados evidentes da experiência física.”
  • Agostinho (430 d.C.) e Tomás de Aquino (1274) escreveram ambos a favor da imaterialidade da alma; mas o último admitia a existência de uma substância corporal sutil, a origem ou o equivalente de um corpo semelhante àquele pelo qual chamais animistas “às raças degradadas”.
  • Tomás de Aquino, tirando a sua da doutrina dos neoplatônicos, ensina que há formas imateriais (formæ separatæ) e que elas são individualizadas por si mesmas, desde que não precisam, para a sua existência, de uma forma representativa de substractum. A falsidade dessa concepção é claramente exposta por Duns Scotus e alguns dos principais contraditores de Tomás.
  • Não foi, porém, senão quando Descartes (1640) apresentou a sua teoria, que isso teve maior influência sobre a crença popular.
  • Depois, a doutrina de São Paulo, da existência de um corpo espiritual, enfraquecendo-se muito nas almas, fez que a crença comum fosse gradualmente decrescendo até precipitar-se no vácuo do cepticismo, justificando a seguinte observação do Sr. W. R. Greg, a respeito da doutrina da imortalidade: “Caireis no vácuo, se ficardes imóveis.”

[97 - páginas 128/129] - Epes Sargent (1813-1880)

PERISPÍRITO

https://www.youtube.com/watch?v=oM_qJRwtwwQ

Influência do perispírito na formação do corpo:
http://medicina.espiritual.nom.br/

Espiritismo, o Consolador Prometido:

http://www2.netfly.com.br/jomalva/perispirito.htm

PERISPÍRITO, A GRANDE POLÊMICA
Aquela clássica definição de Kardec?
____Ou um conjunto de Corpos Sutis?
____Ou apenas o Corpo Astral?

http://www.portaluz.com.br/padrao_RESUMO_20.htm

Ver tamb ém:

*