Página acima: Relativo às Religiões  
Bíblia

--

 


A palavra Bíblia é de origem grega e significa Livro, ou melhor: livros.

 

Consciência espírita: www.consciesp.org.br

Alguns conceitos da Bíblia nos dias de hoje

        A Doutrina Espírita divide a Lei Mosaica, contida no Velho Testamento, em 2 aspectos: divino e humano.

  • O aspecto divino dos ensinos de Moisés está contido nos Dez Mandamentos, que são a base para os direitos humanos em grande parte das civilizações modernas, e que foram ratificados por Jesus.

  • O aspecto humano é o somatório das outras leis que serviram para reger as relações entre os indivíduos do povo judeu na travessia de 40 anos do deserto e depois na construção do país na terra de Canaã. Nestas leis, estão contidas regras que hoje em dia são consideradas muito ultrapassadas, como por exemplo: o apedrejamento das mulheres adúlteras e o sacrifício de animais para Deus.

A proibição de falar com os "mortos":

        Esta orientação de Moisés está contida no livro Deuteronômio, cap. 18, vs.11.

  • Primeiramente queremos argumentar que se isto foi proibido é por que é possível falar_com_os_que_já_morreram. E que Moisés proibiu o povo judeu de entrar em contato com os desencarnados, devido aos homens não estarem preparados para isto, além de trazerem péssimos hábitos do período em que estiveram escravos no Egito. Os egípcios, acreditando que os mortos eram deuses, desprezavam a crença do "Deus Único", pilar principal da obra de Moisés.

  • Em segundo lugar, Jesus conversou com os "mortos" Elias e Moisés, no Monte Tabor depois da transfiguração. Foi Jesus mesmo que nos disse que tudo o que Ele fizesse nós também poderíamos fazer.

        A Doutrina Espírita encara o Velho Testamento como um conjunto de relatos das lutas, experiências, crenças e esperanças do povo judeu. E que devem ser interpretados à luz da razão e do bom senso, pois só assim iremos nos afastar da radicalização e do fanatismo, dois sentimentos que já causaram muito mal à humanidade.
        O mais importante no estudo do Antigo Testamento é que devemos ter sempre em mente que os ensinos lá contidos, e que podem ser aproveitados, não devem jamais contradizer os ensinos do Mestre Jesus. Aqueles que os contradizem não devem ser considerados como ensinos morais, mas somente como informações históricas.
        O Espiritismo pauta-se principalmente no Novo Testamento, tirando daí ensinos que podem nos explicar o sentido da vida e direcionar os nossos comportamentos de uma forma mais benéfica para aqueles que nos rodeiam.
        Encaramos Jesus Cristo como o maior mestre que já apareceu sobre a Terra, e seus ensinos devem ser praticados sem rituais ou dogmas, mas como regras práticas de vida, que podem ser aplicadas no nosso dia-a-dia.
        Jesus não veio fundar religiões, mas oferecer aos homens o caminho da salvação, que consiste em fazer o bem ao próximo, como gostaríamos que o outros nos fizessem, conforme as suas próprias palavras.

http://www.espiritismo.org/conheaab.htm 

Faça o download da Bíblia através deste endereço acima

 

Download do Velho Testamento e  Novo Testamento

 

        Gutenberg trabalhava com o auxílio de Peter Schoffer, um artesão de tipos tão bom quanto ele próprio. Em 1455, como o livro não ficou pronto, Fust cobrou judicialmente a devolução do financiamento. Gutenberg tentou imprimir às pressas as Cartas de Indulgência do papa Nicolau V, de venda rápida, mas não escapou à falência. A oficina de impressão caiu nas mãos de Fust e Schoffer, que por volta de 1456 publicaram o primeiro livro impresso: a chamada Bíblia de 42 linhas, obra de 642 páginas, com tiragem de duzentos exemplares. Tinha esse nome porque cada uma das duas colunas em suas páginas tinha 42 linhas. Saiu sem data nem local ou nome dos impressores. Era oficialmente a Bíblia de Fust. Mas fazendo justiça ao seu verdadeiro autor foi apelidada de A Bíblia de Gutenberg.

 

http://www.editora.ufjf.br/htm/estoria3.htm 

1561 Pio V cria a imprensa do povo romano destinada às edições oficiais da Bíblia.

 

http://www.imultimedia.pt/museuvirtpress/port/hist/1500/1500.html 

Quadro sintético Evangelhos Sinóticos

http://www.branuncios.com.br/Teologia/Evangelho_de_joao.html

Sobre a tradução feita de João Ferreira Almeida

         João Ferreira de Almeida nasceu em 1628, próximo a Lisboa. Convertido ao protestantismo, iniciou a tradução da Bíblia aos dezessete anos, mas perdeu seu primeiro manuscrito e reiniciou seu trabalho em 1648. Conhecia hebraico e grego, e utilizou-se de vários manuscritos dessas línguas para compor sua tradução. Em 1676, foi concluída a tradução do Novo Testamento, que só viria a ser publicada em 1681, na Holanda, por problemas de revisão. Quando de sua morte já havia traduzido o Velho Testamento até o livro do profeta Ezequiel. 
        Seu trabalho foi continuado pelo pastor Jacobus op den Akker, de Batávia, em 1748. Cinco anos depois, em 1753, foi impressa a primeira Bíblia em português, completa, em dois volumes.

http://virtualbooks.terra.com.br/Bíblia/novo.htm

Quadro sintético Evangelhos Sinóticos

http://www.branuncios.com.br/Teologia/Evangelho_de_joao.html

Verifica-se assim que Marcos, Mateus e Lucas têm basicamente uma mesma estrutura, cronologia e geografia.

Há grandes semelhanças e podemos destacar blocos distintos de capítulos para o início da vida pública de Jesus após o batismo, para o ministério de Jesus na Galiléia, para o itinerário que Jesus fez da Galiléia até Jerusalém e a atividade de Jesus na própria Jerusalém.

Assim temos:

 

Acontecimento

Mateus

Marcos

Lucas

01

Jesus inicia vida pública após o batismo

3,1 –  4,11

1,1-13

3,1 –  4,13

02

Ministério de Jesus na Galiléia

4,12 – 18,35

1,14 –  9,50

4,14 –  9,50

03

Início da pregação

4,17 - começou a pregar...

1,14 - proclamando

o evangelho...

 4,14 - ensinava nas sinagogas...

04

Primeiro milagre

8,1 – cura de

um leproso

1,21 – cura de um endemoniado

3,33 – cura de um endemoniado

05

 

Caminhada de Jesus

da Galiléia até Jerusalém

19 – 20

10

9,51 – 19,27

06

Jesus em Jerusalém

21 – 28

11 – 16

19,28 – 24,53

            Assim observamos no quadro acima que Mateus e Marcos dão grande destaque para a atividade de Jesus na Galiléia e que Lucas, por sua vez, destaca a caminhada de Jesus que parte da Galiléia até chegar em Jerusalém. A teologia lucana é voltada toda para Jerusalém.  

http://www.branuncios.com.br/Teologia/Evangelhos_sinoticos.html
professor  JOAQUIM CARDOSO DE OLIVEIRA para as aulas de Teologia e Cultura Religiosa PUCPR


Os quatro Evangelistas

Quadro Evangelistas

Analisando as Traduções Bíblicas

Dr. Severino celestino da Silva

REFERêNCIAS BIBLIOGRÁFICAS DO EVANGELHO
OBRAS DE EMMANUEL
Médium: Francisco Cândido Xavier


https://docs.google.com/viewer?a=v&pid=sites&srcid=ZGVmYXVsdGRvbWFpbnxlc3Bpcml0aXNtb2VldmFuZ2VsaG98Z3g6M2FjOGQ1ZDcwZDMyZWJmMw

https://sites.google.com/site/espiritismoeevangelho/principios-fundamentais-da-doutrinanfiavel.htm

LINKs:

Ver também:

 

Crianças e Adolescentes

DESAPARECIDOS