Página acima: Corpo físico
Ação dos Hormônios

--

HORMÔNIOS SEXUAIS

Homens e mulheres sentem desejo sexual e isto acontece por influência de algumas substâncias químicas produzidas por nosso corpo em resposta a impulsos internos e estímulos ambientais.

Estas substâncias químicas são os hormônios e os neurotransmissores.

        Atingindo inequívoco progresso em seus estímulos, o corpo_espiritual, desde a protoforma psicossômica nos animais superiores até o homem, conforme a posição da mente a que serve, determina mais ampla riqueza hormonal.

        As glândulas_sexuais que então mobiliza são mais complexas. Exercem a própria ação pelos hormônios que segregam, arrojando-os no sangue, hormônios esses, femininos ou masculinos, que possuem por arcabouço da constituição química, em que se expressam, o núcleo ciclo-pentano-penidrofenantreno, filiando-se ao grupo dos esteróis.

  • Os hormônios, estrogênicos oriundos do ovário, mantêm os caracteres femininos secundários,
  • e os androgênicos, segregados pelo testículo, sustentam os caracteres masculinos da mesma ordem.

        Produzem ações estimulantes e inibitórias, todavia, como atendem necessariamente a impulsos_e_determinações_da_mente, por intermédio do corpo espiritual, incentivam o desenvolvimento ou a maneira de proceder da espécie, mas não os origina.

        Por isso, nenhum deles possui ação monopolizadora no mundo orgânico, não obstante patentearem essa ou aquela influência de modo mais amplo.

        Ainda em razão do mesmo princípio que lhes vige na formação, pelo qual obedecem às vibrações incessantes do campo_mental, os hormônios não se armazenam: transformam-se rapidamente ou sofrem apressada expulsão nos movimentos excretórios.

        Entendendo-se os recursos da reprodução como engrenagens e mecanismos de que o Espírito em evolução se vale para a plasmagem das formas físicas, sem que os homens lhe comprovem, de modo absoluto, as qualidades mais íntimas, é fácil reconhecer que as glândulas sexuais e seus hormônios exibem efeitos relativamente específicos.

        Inegavelmente, o ovário e os hormônios femininos se responsabilizam pelos distintivos sexuais femininos, mas podem desenvolver alguns deles no macho, prevalecendo as mesmas diretrizes para o testículo e os hormônios que lhe correspondem.

        Isso é claramente demonstrável nos experimentos de castração, enxertos e injeções hormonais, porquanto, apesar de a ação sexual específica do testículo e do ovário apresentar-se como fato indiscutível, a gônada, refletindo os estados da mente, herdeira direta de experiências inumeráveis, eventualmente produz certa quantidade de hormônios heterossexuais e, da mesma sorte, ainda que os hormônios sexuais se afirmem com atividade específica intensa, em determinados acontecimentos realizam essa ou aquela ação em órgãos do sexo oposto.

        Esses são os efeitos heterossexuais ou bissexuais das glândulas ou dos hormônios.

[56 - página 136] - Pedro Leopoldo-MG, 30-3-1958 - André Luiz

         

          O hormônio cortisol é  produzido pelas glândulas_supra-renais, quando secretado em demasia devido a nossa reação ao estresse, esse hormônio se torna tóxico para o cérebro, podendo matar e danificar células_cerebrais. De acordo com diversos pesquisadores o cortisol em elevadas taxas no organismo causa envelhecimento do cérebro, podendo causar perda de memória e até mesmo o mal de Alzheimer.

         Portanto, a necessidade de baixar os níveis de estresse é essencial para baixar os níveis de cortisol em nosso organismo. A meditação ou qualquer técnica que provoque o relaxamento e a diminuição do estresse atua para baixar os níveis de cortisol.

http://www.holosonic.com.br/beneficios_meditacao.htm

(Ver: Evolução e Alimentação  e  Doenças)

        O hormônio do crescimento chamado HGH (Human Growth Hormone) é o hormônio associado com o crescimento e saúde celular no corpo humano. Os níveis de HGH no sangue de um indivíduo adolescente saudável estão no pico, e diminui no decorrer de nossas vidas. Pesquisas mostram que quando os níveis de HGH são restaurados em adultos com mais de 35 anos, esses adultos experimentam significantes benefícios como:

  • Restauração da massa muscular.

  • Aumento da função sexual.

  • Redução de rugas.

  • Diminuição da gordura corporal.

  • Restauração de perda de cabelos.

  • Melhora dos níveis de colesterol.

  • Restauração do tamanho de órgãos que diminuem com a idade.

  • Melhora do sono.

  • Normalização da pressão sanguínea.

  • Melhora do sistema imunológico.

        Uma descoberta feita pelos cientistas na área da neurociência mostrou que quando nosso cérebro está gerando grandes quantidades de ondas delta, nossa glândula_pituitária libera o HGH na corrente sanguínea. Tendo em vista esta descoberta, nós utilizamos em nossos programas de Meditação, freqüências delta específicas para estimular a liberação do HGH

http://www.holosonic.com.br/beneficios_meditacao.htm

       A Melatonina é um neuro-hormônio produzido pelas glândula pineal e, acredita-se, apresenta como principal função regular o sono. Esse hormônio é produzido a partir do momento em que fechamos os olhos. Na presença de luz, entretanto, é enviada uma mensagem neuro-endócrina bloqueando a sua formação, portanto, a secreção dessa substância é quase exclusivamente determinada por estruturas fotossensíveis, principalmente a noite.

http://virtualpsy.locaweb.com.br/index.php?sec=16&art=254

Links

Ver também:

 

Crianças e Adolescentes

DESAPARECIDOS